quinta-feira, 25 de novembro de 2010

"A Aia " de Eça de Queirós

   Era uma vez um rei que morreu e deixou o filho e a rainha. Uma escrava tomava conta do filho dela e do príncipe. Um dia quando ela ia dormir apercebeu-se que o tio Bastardo ia matar o princezinho e trocou para o berço pobre.
   A rainha para agradece-lhe deu-lhe um objecto a escolha e ela escolheu um punhal onde matou-se.

Sem comentários:

Enviar um comentário